Esqueci minha senha cadastre-se

Faculdade de Enfermagem Santana, Amapá

Encontre as Faculdades de Enfermagem de Santana. Conheça as instituições especializados desta área em sua região,aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Escola 1 Grau Barroso Tostes
(96) 281-1542
r Ubaldo Figueira, 254
Santana, Amapá
 
Cepap Centro Educacional Presbiteriano do Amapá
(96) 222-0983
av Conego Domingos Maltez, 265, Trem
Macapá, Amapá
 
Ceap
(96) 223-5565
av Nações Unidas, 1201, Perpétuo Socorro
Macapá, Amapá
 
Ceap Centro Ensino Amapá
(96) 223-5565
av Nações Unidas, 1201, Perpétuo Socorro
Macapá, Amapá
 
Ufta Núcleo Educação em Macapá
(96) 241-3324
rod Juscelino Kubitschek, 2, km 2, Jardim Marco Zero
Macapá, Amapá
 
Esc Annibal Barcellos Gea
(96) 281-3018
av 7 Setembro, 533
Santana, Amapá
 
Aaaec
(96) 223-5403
av Nações Unidas, 1201, Perpétuo Socorro
Macapá, Amapá
 
Centro de Ensino Aprova 1e 2 Grau
(96) 223-8199
r General Rondon, 748, Laguinho
Macapá, Amapá
 
Org Educ Amaz Socied Civil Tida
(96) 222-2525
av General Osorio, 1341, Perpétuo Socorro
Macapá, Amapá
 
Centro Educacional Santa Mônica
(96) 224-2954
av Almirante Barroso, 861, Central
Macapá, Amapá
 

Faculdade de Enfermagem

Fornecido por: 

08 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo o prazo máximo de integralização 12 semestres.

Atuação:
Enfermeiros são os profissionais que ficam ao lado do paciente, desde o minuto em que ele entra no hospital até o momento de sua saída. Sua missão é promover a recuperação da saúde do paciente nos hospitais, nas clínicas, em postos de saúde ou mesmo na casa do doente.

Mercado de trabalho:
Empregabilidade alta, salários baixos
A enfermagem é uma das poucas áreas do mercado de trabalho que têm um baixíssimo índice de desemprego. É difícil encontrar um profissional desempregado, mas, por outro lado, os salários não são tão compensadores quanto os dos médicos. Em razão disso, a maioria dos enfermeiros acaba trabalhando em mais de um emprego. Dados do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) mostram que, dos 800 mil profissionais da área existentes no Brasil, cerca de 80% trabalham em dois ou três empregos, em sistema de plantão.

Segundo o presidente do Cofen, Gilberto Linhares Teixeira, os enfermeiros das regiões Sul e Sudeste ganham, em média, de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil por 30 horas de trabalho semanal, valor que tende a ser menor nas regiões Norte e Nordeste. A enfermeira Alba Lúcia de Barros, diretora de Enfermagem do Hospital São Paulo e professora livre-docente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), lembra que os enfermeiros sofrem uma grande concorrência dos técnicos e auxiliares de enfermagem. Em São Paulo, a maior parte do corpo de enfermagem dos hospitais é formada por auxiliares, que têm, no máximo, curso de nível fundamental. Os grandes culpados são os administradores dos hospitais, que preferem contratar profissionais sem qualificação a pagar bem os enfermeiros graduados, afirma.

No topo desta pirâmide estão os profissionais que chegam a ganhar até cerca de R$ 5 mil. O presidente do Cofen lembra que é cada vez maior o número de enfermeiros que assumem cargos de direção nos hospitais. ...

Clique aqui para ler este artigo em Cada Dia e Você