Esqueci minha senha cadastre-se

Clínica de Urologia e Sexologia Mogi das Cruzes, São Paulo

Encontre Clínicas de Urologia e Sexualogia de Mogi das Cruzes. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região,aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Lycurgo Tostes de Andrade
(43) 3323-9784
Duque de Caxias 1980 - 204
Londrina, Paraná
Especialidade
Medicina Legal

Dados Divulgados por
Roberval de Campos
(19) 3755-8800
Benjamin Cosntant 1717
Campinas, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Melles e Sticca
Pça Dr. Jeferson Ferraz 121
Mococa, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Delboni Auriemo
(11) 3049-6999
Juruá 434
Barueri, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Celso Luiz Lopes
(01) 9534-5838
Rua Dois 440
Rio Claro, São Paulo
Especialidade
Medicina Pericial

Dados Divulgados por
Rodrigo Plens Teixeira
(15) 3272-7220
Rua Sao Vicente de Paula 300
Itapetininga, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Cranio-Maxilo-Facial

Dados Divulgados por
Oduvaldo Goes
(11) 3069-7193
R.Dr.Ovídio Piresa de Campos 225 - Vigilância Sanitária
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Cleber Sartorio
(11) 8358-6556
Rua Joquim Felicio 146 - 13 B
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Preventiva e Social

Dados Divulgados por
Jose Rogerio D. Zimmerman
Av. Tapuias 1010
Tupa, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Aldemir Natucci Rizzo
(11) 3266-5819
Avenida Paulista 575 - Conjunto 507
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de Urologia e Sexologia

Fornecido por: 

Os homens também têm dificuldade em atingir o orgasmo. Segundo o Projeto de Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo (Prosex), pelo menos um quarto das mulheres sofrem com a anorgasmia. Entre os homens, é difícil mensurar. As poucas estatísticas vêm dos consultórios médicos, que começam a receber pacientes em busca de ajuda.

A anorgasmia não significa qualquer alteração fisiológica. O problema é que não há prazer associado à ejaculação. Não há a descarga energética que vem com o orgasmo, explica o sexólogo Arnaldo Risman, da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) da Uerj.

Segundo o urologista Joaquim de Almeida Claro, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), para compreender a disfunção, é preciso dissociar a ejaculação do orgasmo. Ele explica que, fisiologicamente, são dois processos diferentes que podem ocorrer juntos ou não.

Tanto que o pênis funciona normalmente, fica ereto e ejacula. Às vezes, o bloqueio sensorial é tão grande, que o órgão sexual executa tudo a que é mandado, inclusive emite sêmen, mas o cérebro não sente o prazer do orgasmo, completa o urologista e terapeuta sexual Celso Marzano.

A anorgasmia está associada, principalmente a pressões psicológicas, como estresse, problemas sociais e econômicos, sem contar a cobrança social e cultural de que o homem seja sexualmente ativo.

O caráter efêmero das relações na atualidade, a falta de intimidade, cumplicidade e paciência entre os casais também contribuem para agravar o proble...

Clique aqui para ler este artigo em Cada Dia e Você