Esqueci minha senha cadastre-se

Clínica de Urologia e Sexologia Mogi das Cruzes, São Paulo

Encontre Clínicas de Urologia e Sexualogia de Mogi das Cruzes. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região,aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Lycurgo Tostes de Andrade
(43) 3323-9784
Duque de Caxias 1980 - 204
Londrina, Paraná
Especialidade
Medicina Legal

Dados Divulgados por
George Stojkow
(11) 5096-0140
Rua Casa do Ator 764
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Eduardo Haruo Suguiama
(15) 271-8239
Rua Benjamin Constant 582
Itapetininga, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Frederico Grizzi de Campos
(15) 3211-1714
Av. Antonio Carlos Comitre 525 - Sala 47
Sorocaba, São Paulo
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Terry Rocha de Medeiros
5052-1087
Avenida República do Líbano 2123
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Jeronymo Stecca
(11) 3232-8624
Rua Cel Jose Pedro de Oliveira 710
Sorocaba, São Paulo
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Fabiola Guimaraes Porto
(12) 3021-5491
Rua Itatiba 261
Sao Jose Dos Campos, São Paulo
Especialidade
Medicina Preventiva e Social

Dados Divulgados por
Vera Lucia Leite Bonfitto
Rua Tiradentes 848 - Ed. Tecnal
Piracicaba, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Jose Luiz Antonio Lemes Junior
(19) 3534-7040
Av. 9 - 148 Sala 1
Rio Claro, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Fernando Pimazoni
(14) 3882-2467
Rua Quintino Bocaiuva 499
Botucatu, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de Urologia e Sexologia

Fornecido por: 

Os homens também têm dificuldade em atingir o orgasmo. Segundo o Projeto de Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo (Prosex), pelo menos um quarto das mulheres sofrem com a anorgasmia. Entre os homens, é difícil mensurar. As poucas estatísticas vêm dos consultórios médicos, que começam a receber pacientes em busca de ajuda.

A anorgasmia não significa qualquer alteração fisiológica. O problema é que não há prazer associado à ejaculação. Não há a descarga energética que vem com o orgasmo, explica o sexólogo Arnaldo Risman, da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) da Uerj.

Segundo o urologista Joaquim de Almeida Claro, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), para compreender a disfunção, é preciso dissociar a ejaculação do orgasmo. Ele explica que, fisiologicamente, são dois processos diferentes que podem ocorrer juntos ou não.

Tanto que o pênis funciona normalmente, fica ereto e ejacula. Às vezes, o bloqueio sensorial é tão grande, que o órgão sexual executa tudo a que é mandado, inclusive emite sêmen, mas o cérebro não sente o prazer do orgasmo, completa o urologista e terapeuta sexual Celso Marzano.

A anorgasmia está associada, principalmente a pressões psicológicas, como estresse, problemas sociais e econômicos, sem contar a cobrança social e cultural de que o homem seja sexualmente ativo.

O caráter efêmero das relações na atualidade, a falta de intimidade, cumplicidade e paciência entre os casais também contribuem para agravar o proble...

Clique aqui para ler este artigo em Cada Dia e Você